Em pleno voo

A jornalista Claudia Giudice comenta o livro “Comece algo que faça a diferença”

Claudia Giudice, jornalista e autora do livro “A vida sem crachá”, conta como o bestseller Comece algo que faça a diferença, de Blake Mycoskie, impactou a sua vida.

Conheça também o blog da Claudia:
 claudiagiudiceemavidasemcracha.wordpress.com.

“O que você faz com uma ideia?” é o primeiro lançamento da Vooinho

Editora-Vooinho-lancamento-Ideia-6

O primeiro título do nosso selo infantil Vooinho já está à venda! A obra O que você faz com uma ideia?, escrita por Kobi Yamada e ilustrada por Mae Bessom, conta a história de uma ideia brilhante e da criança que a ajuda a vir ao mundo. É um livro surpreendente, que encanta leitores de todas as idades ao abordar a importância de acreditarmos em nossas ideias. Leia mais

É com muita alegria que anunciamos a chegada da Vooinho, o selo infantil da Voo, que será a nossa marca para livros e projetos inspiradores voltados às crianças. Uma ideia que vem sendo construída desde o ano passado e agora chega ao mercado com o lançamento de uma obra que representa exatamente tudo aquilo que acreditamos e que nos trouxe até aqui. Leia mais

Ontem assisti ao filme Enquanto Somos Jovens  (While We’re Young), com Ben Stiller e Naomi Watts. Sem entrar no mérito da história, quero dividir com vocês minhas reflexões sobre a citação que abre o filme. É um diálogo… [Leia mais]

Destaque início – Trem Bala

Destaque início – Problema

Como não se emocionar com esse depoimento de Ana Nísio, presidente da Transforme Sorrisos?

Livros mudam pessoas, pessoas mudam o mundo.

Felicidade plena, vontade de ter aquela sensação para sempre, amor puro, aquele que chega no abraço da criança, no olhar que conta os segredos, na surpresa das coisas simples e na felicidade das coisas simples… Acho que isso tudo representa aquela frase: “A criança é o amor feito visível”. Foi esse amor visível que eu tive no dia 25 de dezembro de 2015, quando fui visitar na manhã de Natal uma das unidades de acolhimento que visito pela ONG Transforme Sorrisos, esse amores visíveis que tenho a sorte de ter em minha vida.

Naquela manhã fui acompanhar o Papai Noel que entregou presentes incríveis e um desses presentes eram livros, aqueles com traços bonitos, coloridos, cheios de curiosidades, que puxam os olhos. E, lá, tive mais uma daquelas experiências maravilhosas quando entreguei um livro para o João*, com 12 anos. Leia mais

Entrega de livros para escola em Barra Longa (MG), cidade afetada pelo rompimento da barragem

Vivemos recentemente uma das maiores catástrofes ambientais do nosso país. Estamos todos chocados, revoltados, tristes. Mas, em meio a todo esse sentimento, vimos surgir uma onda avassaladora de solidariedade de todos os cantos do Brasil. E isso enche o mundo de esperança e amor.

Dentre tantas iniciativas para ajudar as vítimas do rompimento da Barragem em Bento Rodrigues (MG), uma cruzou diretamente nosso caminho. E ela partiu de Karyne, ex-morada de Barra Longa, uma das cidades afetadas pelo desastre. Leia mais

Uma descoberta inesperada deixou a entrega de livros doados na Instituição Cruz de Malta ainda mais especial

A entrega de livros doados pelo nosso projeto Um por Um na Instituição Cruz de Malta em Belo Horizonte foi muito especial. Chegamos de mansinho, conversando com a Diretora. Fui, aos poucos, apresentando os livros que seriam doados. Quando ela bateu o olho no nosso livro É tão chocolate de Dylan Siegel, ela abriu um sorriso: “Ah! Mas esse eu conheço! Espere um minutinho…”

Dali a pouco, ela retorna e me apresenta a Professora Izabel. Eu ainda não sabia, mas, naquele momento, eu estava conhecendo uma professora inspiradora, dessas que mudam o mundo. Leia mais

A entrega de livros no Projeto Reconstruir teve algo a mais

A entrega dos livros no Projeto Reconstruir, em Belo Horizonte, foi diferente das demais. Isso porque os livros foram recebidos por jovens que estudam na instituição no contra-turno da escola, e não por crianças, como havia sido nas demais entregas até o momento. Mas isso não quer dizer que foi menos emocionante. O despertar de interesse pelos livros foi acontecendo de toda forma.

UM-POR-UM-livros-projeto-reconstruir (3) Leia mais